Nova Técnica para Avaliação de Ensaios de Resistência com Estudos Probabilísticos

Apresentação de uma Nova Técnica para Avaliação de Ensaios de Resistência no Auxílio de Estudos Probabilísticos de Estabilidade de Taludes

As análises de estabilidade de taludes desenvolvidas na prática de Engenharia Geotécnica são predominantemente do tipo determinística, em que as condições de estabilidade são representadas pelo valor do fator de segurança calculado pelos diversos métodos disponíveis (Morgenstern-Price, Bishop, Jambu, Fellenius, etc.). Por outro lado, os métodos probabilísticos, que ainda não têm sido amplamente utilizados, são uma forma de contemplar as incertezas existentes e baseiam-se em princípios dos métodos determinísticos. Sendo assim, este trabalho propõe uma metodologia de tratamento estatístico de dados de ensaios de compressão triaxial com a finalidade de construir as curvas de distribuição dos parâmetros de resistência (coesão e ângulo de atrito) a aplicá-las em análises probabilísticas de estabilidade de taludes. As curvas de distribuições foram aplicadas a uma seção operacional de lavra a céu aberto e os resultados foram comparados aos valores sugeridos na literatura. Para o talude global, que possuía de 150 metros de altura, o fator de segurança determinístico encontrado foi de 1,29, muito próximo ao recomendado (1,30); além disso, a probabilidade de ruptura encontrada foi de 6,5%, que está dentro do limite recomendado entre 5% e 10% para os critérios adotados.

Faça o Download do nosso Material

Onde Estamos:

Escritório: 
Rua João Pedro da Silva, 505, Bauxita
Ouro Preto/MG – Próximo da UFOP

© Geofast

by nerit