Curso – Estudo do Potencial de Liquefação (Slope, Seep e Sigma) – 07/nov/17 – Ouro Preto – Antes do GEOMIN

//Curso – Estudo do Potencial de Liquefação (Slope, Seep e Sigma) – 07/nov/17 – Ouro Preto – Antes do GEOMIN
Promoção!
  • Modelo Referência Site
  • campo-2
  • campo-1
  • campo-3
  • aula-1
  • aula-2
  • aula-3
  • aula-4
  • aula-5

Curso – Estudo do Potencial de Liquefação (Slope, Seep e Sigma) – 07/nov/17 – Ouro Preto – Antes do GEOMIN

R$490,00 R$390,00

Em estoque

Estudos do Potencial de Liquefação em Barragens de Rejeito (Slope, Seep e Sigma)

Preço: R$390,00 à vista ou parcelado no cartão de crédito via PagSeguro até o dia 25/10/2017.

O preço inclui: apostila em pdf, licença Standard de 30 dias do GeoStudio 2016 (programa em português), certificado digital de participação, lanches.

Em estoque

Informações Gerais

Professor

Saulo Gutemberg Silva Ribeiro – D.Sc.

Data(s):

07 de novembro/17 – Antes do GEOMIN2017

Horário(s):

14h às 21h

Público Alvo:

engenheiros civis, ambientais, de minas e geólogos.

Vagas:

12 vagas

Local do Curso:

Escritório GeoFast Ouro Preto, Rua João Pedro da Silva, 505, Bauxita, Ouro Preto – MG

Informações Acadêmicas

Professor: Saulo Gutemberg Silva Ribeiro – Doutor em Geotecnia

  • Doutor COPPE/UFRJ;
  • Mestre PUC/RJ;
  • Prof. NUGEO/UFOP e PUC-Minas;
  • Coordenador Especialização Engenharia de Barragens PUC-Minas;
  • Suporte Técnico Oficial GeoSlope International Ltd.

Objetivo:

Apresentar e discutir os conceitos da mecânica dos solos para comportamentos não drenados; quantificar por meio de ensaios triaxiais os parâmetros de estado crítico, envoltória de colapso, razões de resistência não drenada de pico e liquefeita; apresentar métodos práticos semi-empíricos, com base nos ensaios SPT e CPTu, para estimativa das razões de resistência não drenada; apresentar e discutir sobre a quantificação média (representativa) da resistência e da amostragem das razões de resistência não drenadas; desenvolver estudos numéricos por equilíbrio limite e elementos finitos para avaliação das condições de estabilidade de uma barragem de rejeito arenoso hipotética.

Conteúdo Programático:

Módulo Teórico: Conceitos de Resistência ao Cisalhamento Não Drenada (ensaio CU); Comportamentos Frágil, Dúctil e de Endurecimento; Parâmetros de Estado Crítico; Superfície de Colapso; Linha de Estado Permanente; Parâmetro de Estado; Ponto de Estado Permanente; Resistência de Pico; Resistência Liquefeita; Possibilidade de Liquefação; Distribuição dos Índices de Vazios em Praias de Rejeito; Curva de Distribuição da Resistência Liquefeita em Praias de Rejeitos Arenosos; Quantificação da Razão de Resistência de Pico e Liquefeita com Base no Método de Olson (2001), SPT e CPTu. Avaliação da Possibilidade de Liquefação com Base no Método de Robertson (2010), CPTu; Quantificação de Razão de Resistência Liquefeita, Parâmetros do CPTu Normalizados; Gráfico SBT – Soil Behavior Type; Avaliação da Possibilidade de Liquefação com Base no Método de Sadrekarimi (2014); Quantificação da Razão de Resistência de Pico e Liquefeita com Base em Ensaios Triaxiais.

Módulo Prático:

Modelagem numérica de uma barragem de rejeitos hipotética com dimensões típicas – uso dos programas Slope, Seep e Sigma. Estudo de fluxo, tensões in situ e estabilidade, contemplando a possibilidade de ocorrer fluxo por liquefação.